A SÍNDROME DE BURNOUT – O ÁPICE DA EXAUSTÃO – Graça Braga Darzi – Consultório de Psicologia e Psiquiatria

graca-darzi---autoconhecimento
O ADOECER E O SEU SIGNIFICADO – Graça Braga Darzi – Consultório de Psicologia e Psiquiatria
junho 16, 2017
graca-darzi---adolescencia
A ADOLESCÊNCIA – UM NOVO NASCIMENTO – Graça Braga Darzi – Consultório de Psicologia e Psiquiatria
julho 15, 2017

A SÍNDROME DE BURNOUT – O ÁPICE DA EXAUSTÃO – Graça Braga Darzi – Consultório de Psicologia e Psiquiatria

graca-darzi-burnout
A síndrome de burnout é uma derivação da expressão em inglês no qual "burn" significa "queima" e "out" significa "exterior".
Em um mundo cada vez mais competitivo, com um grau exagerado de exigências e trabalhos desgastantes, a síndrome de burnout é uma manifestação descompensada do corpo, submetido a um ritmo intenso e prolongado de estresse chegando à exaustão, danificando aspectos emocionais e físicos do trabalhador.
Diante de seus projetos, desejos e esperanças pessoais, o altruísmo idealista, afetado sob péssimas e precárias condições de trabalho, gera grande sofrimento e frustração para o profissional, implicando em um esforço demasiado na resolução dos problemas dos usuários, o que restringe e aniquila seu potencial de atuação. Como consequência, há impotência, depressão, sentimento de inutilidade, depressão, baixo rendimento pessoal, agressividade, ansiedade, distanciamento afetivo dos colegas, amigos, desrealização, apresentando nessa fase, total desinteresse nas atividades que desenvolve com comportamentos por vezes insensíveis como forma de proteção a sua dor.
A síndrome de burnout está presente no ambiente de trabalho de diversas profissões, sendo médicos e profissionais da saúde os que mais revelam sintomas.
Assim, vendo-se obrigados a cumprir exigências do cargo que desempenham, no qual o mesmo já não tem mais significado, para evitar mais sofrimento, a pessoa afasta-se dessa realidade, tornando-se extremamente inconsciente de suas atitudes e atos, inclusive desumanizando-se para não sofrer, tratando assim as pessoas de forma hostil.
A síndrome pode resultar em transtornos psicossomáticos como insônia, dores de cabeça constantes, fadiga crônica, problemas gastrointestinais, hipertensão entre outros. Dessa forma, o trabalho perde seu significado e sentido maior, tornando-se exaustivo, desumanizado e desprazeroso, pois em total impotência, o trabalhador deixa de ser criativo e disponível para oferecer o melhor dos seus recursos. O prazer do seu trabalho está diretamente associado à sua própria valorização pessoal e reconhecimento da tarefa executada, considerada importante para a instituição e a sociedade em geral.
Como tal, poucas condições de trabalho, com cenários de carência e problemas de infra estrutura, comprometem que o trabalhador possa colocar em prática toda sua criatividade, impedindo que possam estar integrando e promovendo o despertar de outras pessoas, fator que atribui grande prazer e sentido no que se faz.

Atendimento Psícológico

Atendemos adultos, idosos e adolescentes. Para mais informações ligue: 11 3054-9488

1 Comentário

  1. Selma disse:

    Me identifiquei com a sindrome de burnout

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *