A DEPRESSÃO NA ATUALIDADE

graca-darzi--empatia
EMPATIA – UM ATRIBUTO A SER DESENVOLVIDO
agosto 12, 2017
graca-darzi---mandalas
MANDALAS – UM RECURSO PARA A APROXIMAÇÃO DO SI-MESMO
outubro 6, 2017

A DEPRESSÃO NA ATUALIDADE

graca-darzi---depressao
O homem está sempre em constante mutação, representando assim a complexidade da psique humana, com uma dinâmica sempre em movimento. Dessa forma, situações que tragam à alma humana sensações de aprisionamento gera profunda estagnação ou um embate aflitivo que não se chega a lugar algum.
Nessa condição, a energia psíquica não flui. É um perder-se de si mesmo, nada se dispõe internamente, fazendo com que o indivíduo se sinta cansado, desacreditado, desanimado, portanto desalmado, sem alma. Muito se fala a respeito da depressão. Quando uma pessoa, devido a algum fato impactante em sua vida, se encontra em estado de tristeza, é comum as pessoas a considerarem deprimida. No entanto, há uma grande diferença entre a tristeza natural e temporária, enfrentada em decorrência das adversidades e situações que fogem ao controle, e a doenca da depressão.
Amit Goswami, a maior referencia em física quântica da atualidade, diz que a depressão é uma doença do chacra cardíaco. Quando não nos sentimos satisfeitos, quando não vamos atrás do significado e propósito de nossas vidas, acaba faltando energia na parte mental, área esta que está conectada com o cérebro. Assim, vamos nos separando do nosso "religio", ficando surdos e distantes ao chamado do Self ou Si-mesmo, no qual a doença surge, não como castigo ou azar, mas para reconduzir ao caminho da completude e crescimento.
C.G.Jung dizia que toda neurose em si está ligada à unilateralidade da psique. Nosso ego que é o componente da personalidade responsável por lidar com a realidade, fixa sua energia em uma única possibilidade, ou seja; as outras possibilidades de ser, de existência, ficam limitadas e restritas ao inconsciente.
Temos inúmeras crenças conscientes e inconscientes e todo nosso corpo e cérebro tornam-se receptivos as emoções que sentimos, e essa intensidade de hormônios e neurotransmissores refletirá em nosso corpo físico e mental. Atender às expectativas das conquistas a qualquer preço, sucesso, beleza, acelerados e atordoados atrás dessas imagens que se não correspondidas em nossa psique(alma), tornam-se vazias. E no adoecimento impedimos contudo que infinitas possibilidades que nos habitam se manifestem como existência.
É exigido que caminhemos para frente e para cima o tempo todo. A depressão traz desaceleração, lentidão, um movimento para baixo e para dentro do ser, naturalmente diferente desse sistema reducionista do cotidiano, no qual se obriga a ganhar o tempo todo sem busca de sentido e significado real. A medicação pode-se fazer temporariamente necessária em alguns casos, mas com objetivo de preparar o indivíduo para ir além do ponto em que se encontrava antes da depressão, pois tornar-se como antes, levará o mesmo exatamente ao estilo de vida adotado, que culminou na vida atual, sem perspectiva. É na elaboração desse processo que a psicoterapia busca ressignificar o bem viver, o sentido inconsciente perdido dentro do ser para além dos desejos limitados do ego, abrindo o coração para os chamados do Self, o Ser pleno.
Para Jung, é necessário refletir essa dor, suportar o sofrimento, acolher e dar-lhe voz para que possa se fazer ouvir, pois muitas vezes o mal que nos acomete, a dor, é o que dá início a jornada da alma, o caminho para a individuação.
A depressão tornou-se um mal crescente. Estamos treinados a analgesiar os nossos sentidos, nos impedindo o legítimo direito à frustração e ao sofrimento. Tornou-se extremamente perigoso passar atestado de "fracasso"para o que se esperam de nós, precisamos ser sempre vitoriosos, simplesmente os melhores! Nessa condição, nos perdemos um pouco mais, com um ônus alto de tornarmos indiferentes a nós mesmos. Furtamo-nos cada vez mais o direito ao sofrimento e não abrimos mão de sermos exaustivamente, os melhores.

Atendimento Psícológico

Atendemos adultos, idosos e adolescentes. Para mais informações ligue: 11 3054-9488

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *